Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

sabadao-da-onda
No comando: SABADÃO DA ONDA

Das 8h às 12h

bom-dia-noticia
No comando: BOM DIA NOTÍCIAS

Das 07h às 09h

banner-alo-tradicao
No comando: ALÔ TRADIÇÃO

Das 12h às 13h

que-beleza
No comando: QUE BELEZA

Das 12h às 18h

debate-da-onda
No comando: DEBATE DA ONDA

Das 13h às 14

paradao-de-sucessos
No comando: PARADÃO DE SUCESSOS

Das 13h às 24h

super-tarde
No comando: SUPER TARDE

Das 14h às 16h

mix-da-onda
No comando: MIX ONDA JOVEM

Das 16h às 17h

hora-extra
No comando: HORA EXTRA

Das 17h às 18h

transmissao-da-missa
No comando: TRANSMISSÃO DA MISSA

Das 18h às 19h

giro-do-dia
No comando: GIRO DO DIA

Das 18h às 19h

onda-rural
No comando: ONDA RURAL

Das 19h às 21h

que-beleza
No comando: ÂNGELO MORO

Das 19h às 21h

esquenta
No comando: ESQUENTA

Das 23h às 01h

madrugada-de-sucessos
No comando: NA INSÔNIA

Das 00h00 às 04h30

manha-sertaneja
No comando: MANHÃ SERTANEJA

Das 04h30 às 06:20

informativo-fecoagro
No comando: INFORMATIVO FECOAGRO

Das 06h20 às 06h30

mensagens-de-fe
No comando: MENSAGENS DE FÉ

Das 06h30 às 07h00

programa-do-tio-nego
No comando: TIO NEGO

Das 07h30 às 12h

clube-da-onda
No comando: CLUBE DA ONDA

Das 09:00 às 11:00

tricotando
No comando: TRICOTANDO

Das 11:00 às 12:00

musica-para-milhoes
No comando: MÚSICA PARA MILHÕES

Das 12:00 às 13:00

Contaminada pelo coronavírus quebra quarentena e é advertida em Maracajá

Compartilhe:
maracaja-vigilancia-sanitaria-adverte-quem-nao-usa-mascara-2020-0729-1

Uma moradora de Maracajá, portadora do novo coronavírus, foi flagrada na esta quarta-feira (29), circulando com o marido e uma filha, de carro, pela Avenida Nossa Senhora da Conceição. No local, fiscais da Vigilância Sanitária (Visa) abordavam pedestres que não utilizavam máscaras de prevenção à covid-19.

“Podemos até entender a gravidade da situação, mas a quarentena determinada pela Vigilância Epidemiológica não pode ser desrespeitada”, lamentou o fiscal da Visa, Carlos Fernando Costa. A mulher alegou que havia saído de casa para levar a filha, que estaria com febre, para o médico.

Segundo o fiscal, a criança deveria ser levada ao médico, mas não pela mãe que está contaminada pelo coronavírus. Em consequência, ela recebeu uma “Advertência Sanitária” e comunicada que em caso de reincidência haverá registro de Boletim de Ocorrência na polícia e comunicação ao Ministério Público para medidas judiciais.

A mesma advertência foi entregue, também, para moradores de Maracajá que circulavam pela Avenida Nossa Senhora da Conceição e vias laterais, que não usavam máscaras. Os fiscais orientavam à importância do uso da proteção e alertavam que na reincidência haverá aplicação de multas e as cabíveis consequências jurídicas.

A fiscalização também notificou um dos supermercados da cidade que não está respeitando a orientação de permitir a entrada de apenas um integrante de cada família para fazer compras. Em uma oficina de conserto de carros a notificação se deu pela falta de uso de máscaras pelos empregados e o desrespeito a regra do distanciamento entre as pessoas no local de trabalho.

Conforme Carlos Fernando, “algumas pessoas, e até empresários, chegam a nos tratar de forma agressiva, não entendem que estamos cumprindo nossa função e colocando em prática as determinações legais, que têm o objetivo, simplesmente, de preservar vidas e de prevenir a propagação desta terrível pandemia”.

Redação – Gilvan de França

Deixe seu comentário: