Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

sabadao-da-onda
No comando: SABADÃO DA ONDA

Das 8h às 12h

bom-dia-noticia
No comando: BOM DIA NOTÍCIAS

Das 07h às 09h

banner-alo-tradicao
No comando: ALÔ TRADIÇÃO

Das 12h às 13h

que-beleza
No comando: QUE BELEZA

Das 12h às 18h

debate-da-onda
No comando: DEBATE DA ONDA

Das 13h às 14

paradao-de-sucessos
No comando: PARADÃO DE SUCESSOS

Das 13h às 24h

super-tarde
No comando: SUPER TARDE

Das 14h às 16h

mix-da-onda
No comando: MIX ONDA JOVEM

Das 16h às 17h

transmissao-da-missa
No comando: TRANSMISSÃO DA MISSA

Das 18h às 19h

giro-do-dia
No comando: GIRO DO DIA

Das 18h às 19h

onda-rural
No comando: ONDA RURAL

Das 19h às 21h

que-beleza
No comando: ÂNGELO MORO

Das 19h às 21h

esquenta
No comando: ESQUENTA

Das 23h às 01h

madrugada-de-sucessos
No comando: NA INSÔNIA

Das 00h00 às 04h30

manha-sertaneja
No comando: MANHÃ SERTANEJA

Das 04h30 às 06:20

informativo-fecoagro
No comando: INFORMATIVO FECOAGRO

Das 06h20 às 06h30

mensagens-de-fe
No comando: MENSAGENS DE FÉ

Das 06h30 às 07h00

programa-do-tio-nego
No comando: TIO NEGO

Das 07h30 às 12h

clube-da-onda
No comando: CLUBE DA ONDA

Das 09:00 às 11:00

tricotando
No comando: TRICOTANDO

Das 11:00 às 12:00

musica-para-milhoes
No comando: MÚSICA PARA MILHÕES

Das 12:00 às 13:00

Educação organiza os últimos detalhes para o início das aulas em Urussanga

Compartilhe:
placon-edu-urussanga-20

Após as circunstâncias estabelecidas em 2020, devido à pandemia gerada pelo novo coronavírus, o ano letivo terá início em fevereiro. Esse retorno será híbrido, ou seja, grupos presenciais e grupos online.

Dificuldades, aprendizados, adaptações, incertezas, medos, desafios… Esse conjunto de palavras descreve, parcialmente, o que foi vivenciado em 2020. Na área da educação não foi diferente. Secretários, diretores, professores, alunos e suas famílias, todos, precisam se adequar ao novo formato de ensino: as aulas remotas. Foram nove meses de avaliações buscando a maneira mais segura para a retomada das aulas presenciais, que acontece no dia 17 de fevereiro, em Urussanga, em horário normal.

Após inúmeras reuniões e debates a equipe da secretaria de Educação de Urussanga, assim como nos demais municípios de Santa Catarina, elaborou e teve aprovado Plano de Contingência para Educação (Plancon Edu). A secretária de Educação do município, Janea Possamai, explica como as atividades vão acontecer. “Teremos o retorno das aulas, mas com algumas adequações entre elas o ensino hibrido, ou seja, grupos presenciais e grupos online. Assim, as escolas estão organizando as turmas por grupos que contemplem até 50% dos alunos e serão alternadas em dias ou semanas. Esses grupos deverão ser alocados em sala de aula respeitando o distanciamento de 1,5 metros, seguindo a matriz de risco da Covid-19”, explana acrescentando: “Crianças e estudantes que se enquadram no grupo de risco para o COVID-19 não participarão das aulas presenciais neste momento”.

Janea lembra ainda que os pais ou responsáveis pelos estudantes tem autonomia para decidirem pela aula remota ou presencial. “O responsável pelo aluno tem a autonomia de escolha, mas deve preencher um termo de compromisso junto à direção da escola. Este termo tem validade de 15 dias, podendo ser renovado por mais 15. Se neste período resolver voltar às aulas presenciais basta entrar em contato com a direção e a mesma terá sete dias para organizar este retorno”. Toda essa organização segue o estabelecido pela lei 18.032 de 2020, que torna as atividades educacionais essenciais regulamentadas pelo Decreto nº 985. Além de protocolos embasados nas diretrizes sanitárias de Santa Catarina.

Educação física

“Essa disciplina vai acontecer e será em espaços abertos, respeitando o distanciamento de 1,5 metros e com utilização de materiais que possam ser higienizados. Quando não for possível que as aulas aconteçam em espaços abertos, o professor terá alternativas como, por exemplo, roda de conversas, parte teórica de seu planejamento, brincadeiras sem materiais que precisem ser compartilhados…”, detalha a secretária de Educação.

Merenda escolar

“Sobre a merenda escolar as escolas seguirão os protocolos estabelecidos no PLANCON. A utilização do refeitório deve ser programada e respeitar o distanciamento, e os utensílios devem ser individualizados e higienizados. Para isso ocorrer de forma segura, no ano passado as agentes de serviços gerais passaram por capacitação para evitar a disseminação da COVID-19. E, nesse início de ano está programada uma nova capacitação com a nutricionista da secretaria, visando as medidas sanitárias para a alimentação escolar”, relata Janea Possamai.

Kits alimentares emergenciais

Os kits alimentares emergenciais foram distribuídos conforme Resolução nº 2/2020, do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) que permitia que os produtos da alimentação escolar pudessem ser distribuídos diretamente aos estudantes em forma de kits, o documento perdeu a validade no ano passado. “Caso haja alguma nova normativa que autorize a continuidade do estado de calamidade pública por conta da pandemia do coronavírus, é possível a retomada da vigência da Resolução n° 2/2020, mas temos que aguardar por novas orientações”, assinala a secretária de Educação de Urussanga.

Alexandra Cavaler – Redação 

Deixe seu comentário: