Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

sabadao-da-onda
No comando: SABADÃO DA ONDA

Das 8h às 12h

bom-dia-noticia
No comando: BOM DIA NOTÍCIAS

Das 07h às 09h

banner-alo-tradicao
No comando: ALÔ TRADIÇÃO

Das 12h às 13h

que-beleza
No comando: QUE BELEZA

Das 12h às 18h

debate-da-onda
No comando: DEBATE DA ONDA

Das 13h às 14

paradao-de-sucessos
No comando: PARADÃO DE SUCESSOS

Das 13h às 24h

super-tarde
No comando: SUPER TARDE

Das 14h às 16h

mix-da-onda
No comando: MIX ONDA JOVEM

Das 16h às 17h

hora-extra
No comando: HORA EXTRA

Das 17h às 18h

transmissao-da-missa
No comando: TRANSMISSÃO DA MISSA

Das 18h às 19h

giro-do-dia
No comando: GIRO DO DIA

Das 18h às 19h

onda-rural
No comando: ONDA RURAL

Das 19h às 21h

que-beleza
No comando: ÂNGELO MORO

Das 19h às 21h

esquenta
No comando: ESQUENTA

Das 23h às 01h

madrugada-de-sucessos
No comando: NA INSÔNIA

Das 00h00 às 04h30

manha-sertaneja
No comando: MANHÃ SERTANEJA

Das 04h30 às 06:20

informativo-fecoagro
No comando: INFORMATIVO FECOAGRO

Das 06h20 às 06h30

mensagens-de-fe
No comando: MENSAGENS DE FÉ

Das 06h30 às 07h00

programa-do-tio-nego
No comando: TIO NEGO

Das 07h30 às 12h

clube-da-onda
No comando: CLUBE DA ONDA

Das 09:00 às 11:00

tricotando
No comando: TRICOTANDO

Das 11:00 às 12:00

musica-para-milhoes
No comando: MÚSICA PARA MILHÕES

Das 12:00 às 13:00

Grupos de trabalho elaboram boas práticas de inovação voltadas à região

Compartilhe:
foto-13

Dinâmica que levou a sugestões foi realizada em encontro durante a reunião de diretoria da Acic nesta segunda-feira, 2

Quais as boas práticas que podem fomentar a inovação na região? Uma dinâmica que levou a sugestões foi realizada em encontro durante a reunião de diretoria da Associação Empresarial de Criciúma (Acic) nesta segunda-feira, 2, na sede da entidade. Além dos diretores, participaram integrantes das recentes missões ao Vale do Silício, nos Estados Unidos, e a Portugal, empresários, representantes de startups e de instituições de ensino e demais convidados. O momento teve a facilitação do professor Diego Piovesan.

“Precisamos entender que a inovação é um universo plural e foi exatamente isso que tivemos, com a participação de todos esses agentes, com a diversidade de gêneros e de faixa etária”, afirma Piovesan.

Divididos em grupos, os participantes foram encorajados a apontar certezas, suposições e dúvidas, a partir da temática. Em seguida, a listar desafios para trabalhar a inovação no ambiente local e, depois, a compartilhar esses desafios.

Após refazer a formação, cada grupo trabalhou sobre um desafio e elencou as boas práticas. O primeiro, ao analisar a formação dos profissionais, citou a criação de projetos de empreendedorismo nas escolas, apresentando como exemplo o Prêmio Acic de Matemática e sugerindo outras competições, em áreas como a robótica, além das conexões entre empresas e estudantes.

Autoestima, aproximação, cultura

Sobre como resgatar a autoestima da região e sensibilizar a comunidade sobre inovação, a sugestão é de que as boas práticas sejam valorizadas e a classe empresarial participe de mais missões fora da região para depois compartilhar essa experiência. E como reter talentos? O grupo de trabalho entende que é preciso integrar empresas e escolas, mantendo projetos interdisciplinares consistentes e contínuos.

Para o desafio de aproximar empresas tradicionais e startups, a proposição é realizar encontros mais frequentes, além de liderar rodadas de negócios. Como vocação para a região, foi colocado o crescer sustentável, com o debate ressaltando os benefícios de um planejamento regional, unindo agendas.

Para criar a cultura de inovação, a proposta é fomentá-la em todas os envolvidos no ecossistema, aliando colaboração e competição, na cocriação entre instituições de ensino, poder público e empresas.

“Agradecemos a presença de todos, ressaltando a importância da participação nesse debate. Temos que unir o ecossistema de forma geral, as entidades, as pessoas, só assim conseguiremos mudar e transformar”, entende o presidente da Acic, Moacir Dagostin.

Redação – Deize Felisberto 

Deixe seu comentário: