Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

sabadao-da-onda
No comando: SABADÃO DA ONDA

Das 8h às 12h

banner-programa-bom-dia-noticias-site-01
No comando: BOM DIA NOTÍCIAS

Das 07h às 09h

banner-alo-tradicao
No comando: ALÔ, TRADIÇÃO

Das 12h às 13h

que-beleza
No comando: QUE BELEZA

Das 12h às 18h

debate
No comando: DEBATE DA ONDA

Das 13h às 14

paradao-de-sucessos
No comando: PARADÃO DE SUCESSOS

Das 13h às 24h

super-tarde
No comando: SUPER TARDE

Das 14h às 16h

sem-titulo-1
No comando: TOP ONDA JOVEM

Das 16h às 17h

hora-extra
No comando: HORA EXTRA

Das 17h às 18h

transmissao-da-missa
No comando: TRANSMISSÃO DA MISSA

Das 18h às 19h

sem-titulo-1
No comando: GIRO DO DIA

Das 18h às 19h

amigos-teodoro-e-sampaio
No comando: AMIGO DO TEODORO & SAMPAIO

Das 19h às 21h

clube-da-onda
No comando: ÂNGELO MORO

Das 20h às 22h

onda-rural-01
No comando: ONDA RURAL

Das 20h às 22h

esquenta
No comando: ESQUENTA

Das 23h às 01h

madruga-de-sucessos
No comando: NA INSÔNIA

Das 00h00 às 04h30

manha-sertaneja
No comando: MANHÃ SERTANEJA

Das 04h30 às 06:20

fecoagro
No comando: INFORMATIVO FECOAGRO

Das 06h20 às 06h30

mensagens-de-fe
No comando: MENSAGENS DE FÉ

Das 06h30 às 07h00

nego
No comando: TIO NEGO

Das 07h30 às 12h

clube-da-onda
No comando: CLUBE DA ONDA

Das 09:00 às 11:00

tricotando
No comando: TRICOTANDO

Das 11:00 às 12:00

musica-para-milhoes
No comando: MÚSICA PARA MILHÕES

Das 12:00 às 13:00

Pacientes da Oncologia participam de ensaio fotográfico

Compartilhe:
img_0813

Evento, que antecipa o Outubro Rosa, foi realizado pelo Hospital Unimed Criciúma para promover a autoestima e trabalhar a prevenção do câncer.

A vendedora Zenaide Marcos, 55 anos, que luta contra o câncer no intestino, era só sorrisos à sessão de fotos promovida pelo Hospital Unimed Criciúma. Ela e outras pacientes da Oncologia participaram do evento realizado pela instituição hospitalar onde, por meio de voluntários, foram maquiadas e fotografadas para a elaboração do book que receberão de presente em Outubro. Esta foi uma das ações organizadas pelo hospital em alusão ao Outubro Rosa.

Zenaide, passou por procedimento cirúrgico em março e, desde então, realiza tratamento na Unimed com sessões de quimioterapia e radioterapia. “Sou vaidosa, mas hoje é um dia diferente, glamoroso para nós.  Participar desta ação é gratificante, nos faz sentir bonita, melhora nossa autoestima. Só tenho elogios ao atendimento da Unimed”. A aposentada, Rosa Ronsoni Nichele, 76 anos, foi outra que adorou ser maquiada e fotografada. “Achei maravilhoso. Não imaginava ser tão bom. É um incentivo a autoestima e de continuarmos o tratamento. A Unimed nos oferece muitas coisas boas. No meu aniversário eles fizeram uma surpresa”, relata.

Conforme a psicóloga responsável pelos atendimentos do setor de quimioterapia, Vânia Meneses, as fotos serão editadas e entregues para as pacientes, como presente do Hospital Unimed. “O evento teve o objetivo de promover o empoderamento, autoestima e trabalhar na prevenção com as pacientes. Entre outras ações agendadas para o Outubro Rosa, estamos pensando também em expor as fotografias no hall de entrada. É uma forma de mostrar como ficaram lindas”, explica.

Trabalho voluntário

A fotógrafa, Maristela da Rosa, 34 anos, sabe muito bem o que as pacientes estão sentindo com a ação promovida pela Unimed. De 2015 a 2017 ela passou por tratamento no hospital ao descobrir o quadro de leucemia. “Sempre me predispus a fazer o trabalho voluntário na Unimed em gratidão e ao fortalecimento destas “guerreiras”. Hoje estar aqui onde um dia eu já estive, passando pela mesma situação que elas, é ver a existência de Deus que nos ampara e nos faz crer na vitória”, comenta. “Eu me emociono vê-las e poder dizer: força porque nós podemos conquistar a vitória, a nossa cura; existe a luta, mas também a superação”, relata Maristela.

As irmãs maquiadoras, Maria Eduarda De Bem e Maria Luiza Silveira, também foram voluntárias nesta ação. “É sempre bom dar aos outros o que a gente sabe. É gratificante vir aqui e ver o rosto delas quando terminamos a maquiagem. É a melhor parte do processo”, diz Eduarda. “Quando minha irmã fez o convite para ajudá-la, fiquei muito contente e aceitei na hora. É prazeroso trabalhar com estas “meninas” e aumentar a autoestima, deixá-las mais contentes. A felicidade delas nos ensina muito. Mesmo passando por estas dificuldades, não deixam de serem felizes, de estarem sorrindo, brincando. Eles demonstram uma força muito grande”, complementa Luiza.

Redação – Francis Leny

Deixe seu comentário: