Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

sabadao-da-onda
No comando: SABADÃO DA ONDA

Das 8h às 12h

bom-dia-noticia
No comando: BOM DIA NOTÍCIAS

Das 07h às 09h

banner-alo-tradicao
No comando: ALÔ TRADIÇÃO

Das 12h às 13h

que-beleza
No comando: QUE BELEZA

Das 12h às 18h

debate-da-onda
No comando: DEBATE DA ONDA

Das 13h às 14

paradao-de-sucessos
No comando: PARADÃO DE SUCESSOS

Das 13h às 24h

super-tarde
No comando: SUPER TARDE

Das 14h às 16h

mix-da-onda
No comando: MIX ONDA JOVEM

Das 16h às 17h

transmissao-da-missa
No comando: TRANSMISSÃO DA MISSA

Das 18h às 19h

giro-do-dia
No comando: GIRO DO DIA

Das 18h às 19h

onda-rural
No comando: ONDA RURAL

Das 19h às 21h

que-beleza
No comando: ÂNGELO MORO

Das 19h às 21h

esquenta
No comando: ESQUENTA

Das 23h às 01h

madrugada-de-sucessos
No comando: NA INSÔNIA

Das 00h00 às 04h30

manha-sertaneja
No comando: MANHÃ SERTANEJA

Das 04h30 às 06:20

informativo-fecoagro
No comando: INFORMATIVO FECOAGRO

Das 06h20 às 06h30

mensagens-de-fe
No comando: MENSAGENS DE FÉ

Das 06h30 às 07h00

programa-do-tio-nego
No comando: TIO NEGO

Das 07h30 às 12h

clube-da-onda
No comando: CLUBE DA ONDA

Das 09:00 às 11:00

tricotando
No comando: TRICOTANDO

Das 11:00 às 12:00

musica-para-milhoes
No comando: MÚSICA PARA MILHÕES

Das 12:00 às 13:00

Santa Catarina é sede da Abertura Nacional do Plantio de Soja

Compartilhe:
soja_abertura_nacional_20210930_1267115942

O estado de Santa Catarina foi escolhido pela primeira vez na história para sediar a Abertura Nacional do Plantio de Soja, evento que aconteceu nesta quinta-feira, 30, em Campos Novos, e contou com a presença do secretário de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural, Altair Silva, além de lideranças estaduais e nacionais. A soja vem ganhando cada vez mais espaço nas lavouras de Santa Catarina. Nos últimos 20 anos, o estado incorporou mais de 450 mil hectares para a produção do grão, o produto se tornou destaque na pauta de exportações e o protagonismo do agronegócio catarinense pesou na escolha de SC como sede do evento.

“O agronegócio de Santa Catarina vive um momento muito especial. Estamos ampliando nossa presença no mercado internacional e o setor já responde por mais de 70% de toda exportação estadual. Essa é a força da pequena propriedade, do cooperativismo e da parceria entre o Governo do Estado e iniciativa privada, que fazem do nosso estado um gigante em produção de alimentos. Esse evento destaca a pujança e a marca dos produtores catarinenses”, destacou o secretário Altair Silva.

Além da cena tradicional com as plantadeiras enfileiradas, que dão início a mais uma safra recorde, a Abertura contou com diversos painéis para discussões sobre sustentabilidade, mercado, cooperativismo e reforma tributária. O evento marcou ainda as dez safras do Projeto Soja Brasil, parceria entre Aprosoja e Canal Rural, que há uma década leva informação de qualidade ao sojicultor.

“Esse evento foi muito esperado pelos catarinenses para darmos o pontapé inicial na maior safra de soja que o Brasil já viu. Em Santa Catarina, somos produtores de médio e pequeno porte, mas produtores por excelência. Nós, como produtores rurais, temos o compromisso de alimentar o mundo e também de preservar o meio ambiente. Esse é um momento ímpar para Santa Catarina, pois é uma oportunidade de mostrarmos Campos Novos, o celeiro catarinense”, ressaltou o presidente da Aprosoja SC, Alexandre Didomenico.

O evento contou também com a presença da vice-governadora Daniela Reinehr, do presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (FAESC), José Zeferino Pedrozo, e do gerente executivo do Sindicato das Indústrias de Carnes (Sindicarnes-SC), Jorge Luiz de Lima.

Soja em Santa Catarina

No estado, a soja é cultivada em 16.849 propriedades rurais, com a produção gerando uma receita de R$ 2,8 bilhões, representando 8,2% no Valor Bruto da Produção Agropecuária estadual. Na safra 2021/22, a expectativa é de que sejam cultivados 683,3 mil hectares, com uma produção de 2,5 milhões de toneladas – um aumento de 7,9% em relação à safra anterior. As principais regiões produtoras são: Canoinhas, Xanxerê e Campos Novos.

Deixe seu comentário: